(A) Referências

Leia e/ou assista, compreenda, organize.

MULTIMÍDIA

Protopia Wiki – “Um espaço de permanente compilação de referências libertárias.”

http://protopia.at/

LIVROS

A rebeldia por trás das lentes: o Centro de Mídia Independente no Brasil, de Carlos André dos Santos (Cazé)

http://www.midiaindependente.org/pt/red/2014/01/528167.shtml

Comitê Invisível – A insurreição a caminho

http://pt.protopia.at/wiki/A_Insurrei%C3%A7%C3%A3o_a_Caminho

Copyfight

http://copyfight.me/livro-copyfight/

CrimethInc – Espere resistência

http://pt.protopia.at/wiki/Espere_Resist%C3%AAncia

GEAPI – Grupo de Estudos Anarquistas do Piauí – Biblioteca Virtual Anarquista

http://anarquistas-pi.blogspot.fr/p/biblioteca.html

The Anarchist Library

http://theanarchistlibrary.org/

TEXTOS

Anônimx(s) – Manual – Como se defender de armas menos letais 1.0

https://e.sarava.org/ZSh

CrimethInc – Coletivos

http://pt.protopia.at/wiki/Coletivos

CrimethInc – Mídia Independente

http://pt.protopia.at/wiki/M%C3%ADdia_Independente

CrimethInc – Minando a opressão

http://pt.protopia.at/wiki/Minando_a_Opress%C3%A3o

Gustavo Motta – A quarta guerra mundial

https://daslutas.wordpress.com/2014/02/25/a-quarta-guerra-mundial/

Hakim Bey – Guerra da Informação

http://pt.protopia.at/wiki/Guerra_da_Informa%C3%A7%C3%A3o

Indymedia/CMI – Writing News – a beginner’s guide to good journalism practices

https://docs.indymedia.org/Global/WritingNews

Saravá – Manual de segurança

https://manual.sarava.org/

FILMES/VÍDEOS

Brad, uma noite a mais nas barricadas

Rebelião popular em Oaxaca, México, 2006. Quando os paramilitares dão um tiro de fuzil no peito de Brad Will, a câmera cai, mas continuagravando. Essa câmera passa de mão em mão, contando a história de Brad.

E um pouco desse movimento de movimentos conhecido como antiglobalização. Das ocupações urbanas em Nova York, a um piquete ecologista no Oregon, à batalha de Seattle, Praga, Quebec, Gênova, Quito, Oaxaca…

Por trás da câmera estão os amigos de Brad que, como ele, se dedicam a mostrar o que não aparece na TV.

Autodefensa

Documental realizado en Valparaíso, indaga y refleja desde donde se gestan las manifestaciones sociales mas radicales a modo de autodefensa en contra de la violencia que se ejerce estado sobre la sociedad o gran parte de ella.

Panteras Negras – Todo poder para o povo (All power to the people)

2° Parte

O documentário foi concebido após as revoltas negras de Los Angeles, ocorridas em 1992, quando a impunidade da violência policial sobre o povo negro gerou quatro dias de levante massivo, com mais de 7 mil imóveis incendiados e 53 mortos. Enquanto a TV anunciava os estragos de mais de um bilhão de dólares, o documentarista Lee Lew-Lee decidiu se perguntar qual foi o verdadeiro dano histórico que provocou aquela explosão. O resultado é o resgate audiovisual de uma experiência profundamente consistente de organização e luta negra.
O filme parte do movimento de não-violência pelos direitos civis, que lutava pela integração do negro à sociedade estadunidense. Essa linha não garantiu profundas transformações. Enquanto caía a credibilidade do método não-violento, outra proposta ia se desenhando. Nas palavras de Malcolm X: “sejam não-violentos apenas com aqueles que forem não-violentos com vocês”.

Dirigido por: Lee Lew-Lee

 

Deixe uma resposta